Léxico: «montenegrino/são-marinense»

Assim é que não

 

      «Montenegro é um país nos Balcãs com cerca de 640 mil habitantes, que conquistou a independência da Sérvia em 2006. Num comunicado de resposta a Trump, o governo lembrou que Montenegro foi o único país que “não foi palco de combates durante a desintegração da ex-Jugoslávia”, na década de 1990, que fez cerca de 130 mil mortos» («Porque é que Trump diz que a III Guerra Mundial vai começar no Montenegro?», Susana Salvador, Diário de Notícias, 21.07.2018, 7h00).

      Montenegrino, diz-nos o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, é o «relativo ou pertencente ao Montenegro, país do sudeste [sic] da Europa». Podia ser mais e melhor. Mas comparemos com a definição de outro adjectivo, são-marinense: «relativo ou pertencente a San Marino (Itália), ou o que é seu natural ou habitante». São Marino é tão independente como o Montenegro, tem de ter uma definição semelhante, com a mesma estrutura.

 

[Texto 9685]

 

Actualização às 11h58

 

Trago aqui para a frente o que o leitor João G. Pais deixou nos comentários: em português pleno, diz-se São Marinho. De facto, «São Marino» é um escusado híbrido, pelo que devemos corrigir os dicionários. Devemos corrigir-nos a nós próprios.

Helder Guégués às 08:00 | comentar | favorito