Léxico: «morder a língua»

É o que deviam fazer

 

      «Aqueles que difundem informações falsas e alimentam medos contra os profissionais de saúde deveriam morder a língua» («O sarampo ataca», Kay Rivera. Tradução de Ana Marques, Courrier Internacional, Abril de 2019, p. 79).

      A expressão morder a língua tem vários significados. Aqui, é claramente sinónima de arrepender-se de ter dito o que não devia. Infelizmente, os nossos dicionários não arranjaram um espacinho para a registar, o que não é bom para ninguém. Já agora, aproveite-se para espreitar o que diz o original da frase citada: «Those who spread misinformation and cultivated fears surrounding health workers should be feeling very uncomfortable, and very sorry indeed.» Vá lá, escapámos de um «desconfortável», outra praga que invadiu a nossa língua, e, em especial, as traduções.

 

[Texto 11 049]

Helder Guégués às 16:52 | comentar | favorito
Etiquetas: ,