Léxico: «mulher»

E a igualdade, pá?

 

      «A cidade de Chicago tornou-se a primeira entre as grandes cidades americanas a ter uma mulher negra e lésbica como presidente da câmara: Lori Lightfoot. [...] Lori Lightfoot celebrou a vitória com a mulher e a filha» («Chicago elege uma presidente de câmara negra e lésbica», Maria João Guimarães, Público, 4.04.2019, p. 30).

      Mulher, negra e lésbica, gosto. Pelo menos ali e desta vez, perdeu o caciquismo. Vejam: celebrou a vitória com a mulher e a filha. Ora, dá-se o caso de o dicionário da Porto Editora (veja o leitor preguiçoso noutros, não espere que eu faça tudo) não registar no verbete mulher o que regista no verbete marido: «homem em relação à pessoa com quem está casado». Tem de o redigir então assim: «mulher em relação à pessoa com quem está casada». Se acharem demasiado tautológico, há solução: «pessoa do sexo feminino em relação à pessoa com quem está casada». Haja lógica, igualdade, abertura, decência. A verdade é que eu próprio tive de amochar (define melhor o verbo, Porto Editora), a sociedade mudou, isto não se encontra já somente na imprensa cor-de-rosa, mas em toda.

 

[Texto 11 113]

Helder Guégués às 10:18 | comentar | favorito