Léxico: «multirresistente»

Muɫ.ti.ʀɨ.ziʃ.tˈẽ.tɨ

 

      «Segundo divulgou o “Expresso” no domingo à noite, a transferência foi feita para o Hospital D. Estefânia porque era a única unidade “com quartos de pressão negativa e cuidados intensivos necessários para este tipo de situações”» («23 casos de sarampo. “As pessoas têm todas que ser vacinadas”», Rádio Renascença, 17.04.2017, 10h54).

      O recurso a quartos com pressão negativa, em hospitais e centros médicos, é uma técnica que permite isolar o doente portador de uma doença altamente contagiosa por via aérea, por exemplo, a tuberculose multirresistente, a rubéola, o sarampo, entre outras, evitando a disseminação do agente infeccioso, pois o ar contido nesse quarto não vai para outras áreas. É isso mesmo, não acharia excessivo que fosse para os dicionários gerais da língua, mas há prioridades: multirresistente, por exemplo, não está no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, e, no entanto, encontramo-la em duas definições do Dicionário de Termos Médicos.

 

[Texto 7728]

Helder Guégués às 16:36 | favorito
Etiquetas: ,