Léxico: «nacionalista»

Isso ou um Xanax

                      

      «O médio defensivo, de 25 anos, é uma das referências do seu país naquela posição e assinou pelo Nacional depois de o clube madeirense ter chegado a acordo com Enogu Rangers, ao serviço do qual Madu foi campeão da Nigéria em 2016. [...] O mais recente reforço dos nacionalistas torna-se assim o quinto futebolista nigeriano da história do clube, seguindo as pisadas do médio Sylvanus (1989/90 e 1990/91), do avançado Pascal (2001/02 e 2002/03), do extremo Kevin Amuneke (2009/10) e do agora companheiro Ibrahim Alhassan, que chegou à Choupana no decorrer deste verão» («Reforço Madu torna-se o quinto nigeriano da história do Nacional», David Pereira/Lusa, Diário de Notícias, 20.08.2018, 16h31).

      O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora também se esqueceu desta acepção de nacionalista. Parece que o futebol, afinal, não tem assim tanta força. (Doidos e/ou invejosos: há milhões de blogues, não sigam este, ou, se insistirem, um Xanax uma hora antes ajudará.)

 

            [Texto 10 422]

Helder Guégués às 16:15 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,