Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «operacional»

Ah, não é assim

 

      «“O Irlandês” segue a história de Frank Sheeran (Robert de Niro), um veterano da II Guerra Mundial convertido em motorista e, depois, em operacional de topo da máfia dos EUA, nomeadamente ao serviço de Jimmy Hoffa (Al Pacino), durante 14 anos o presidente da International Brotherhood of Teamsters, sindicato de camionistas norte-americano. A longa-metragem segue a versão descrita em “I Heard You Paint Houses”, relato da vida de Sheeran escrito por Charles Brandt, com a colaboração do próprio “irlandês”, assim chamado devido às raízes paternas» («Vimos “O Irlandês”, de Scorsese, no grande ecrã. E saímos da sala com um murro no estômago», João Pedro Barros, Rádio Renascença, 26.11.2019, 13h42).

      Ou seja, ao contrário do que se lê no dicionário da Porto Editora (e noutros, talvez em todos), operacional não é somente o «militar que integra ou que pode integrar uma operação». Não, não é: tem de haver uma definição mais genérica ou uma extensão de sentido. Quantas vezes não ouvimos falar dos operacionais das Forças Populares 25 de Abril (FP-25) ou (ainda mais, no meu caso) nos operacionais da ETA?

 

[Texto 12 365]

1 comentário

Comentar post