Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «orquestrável | orquestrabilidade»

Lidas e ouvidas

 

      «O que pode trazer uma orquestra ao repertório da banda? Miguel Guedes diz que estas uniões obrigam a uma “escolha de canções completamente diferenciada”. Algumas transitam da experiência russa, outras surgem pela primeira vez, “incluindo coisas que quase nunca tocamos. Gostamos do desafio de transformar canções. De obrigá-las, e a nós, a um contorcionismo. Há outros temas [não incluídos no alinhamento] que até podiam ser mais orquestráveis, mas que nada ganhariam com isso"» («O “ato meio solitário em conjunto” dos Blind Zero no Rivoli», Jorge Manuel Lopes, Jornal de Notícias, 18.12.2020, 11h09). E na terça-feira ouvi a palavra orquestrabilidade.

 

[Texto 16 045]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.