Léxico: «Óscar»

Só se for no Brasil

 

      Talvez no Brasil se tenham de contentar (será mesmo assim?) com Oscar/Oscars, mas cá, pelo menos quem tem os pés assentes na terra e preza a língua escreve Óscar/Óscares: «Do ponto de vista do cinema, o melhor dos Óscares são alguns prodigiosos exercícios de montagem, geralmente retrospectivos do ano. Tudo o mais é espectáculo, e por vezes temos excelentes monólogos cómicos de Billy Crystal ou outros» (Fora do Mundo: Textos da Blogosfera, Pedro Mexia. Lisboa: Cotovia, 2004, p. 229). É certo que depois há — não há sempre em todas as áreas? — os que querem dar-se ares, e optam pelo inglês.

 

[Texto 10 870]

Helder Guégués às 13:58 | comentar | favorito