Léxico: «oxodegradável»

Que se fragmenta

 

      «Portugal vai antecipar-se e proibir já no ano [sic] os utensílios de plástico de uso único, como é o caso de pratos, talheres, cotonetes e palhinhas. Bem como os sacos de plástico oxodegradáveis, que apesar do nome, se fragmentam em micropartículas após dois a cinco anos, contaminando o ambiente» («Governo antecipa fim dos plásticos descartáveis já a partir de 2020», Rádio Renascença, 22.02.2019, 7h15).

    Entretanto, nos nossos dicionários, oxodegradável ainda não encontrou acolhimento. A realidade anda sempre muito mais depressa. E, contudo, há nove anos já que eu chamei a atenção para a palavra no Assim Mesmo.

 

[Texto 10 854]

Helder Guégués às 08:57 | favorito
Etiquetas: ,