Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «pagé»

Está, Sr. Xucuruku?

 

 

      Num texto, fala-se no «pagé Celestino Xucuruku, dos índios Cariris de Alagoas». É bem provável que o Sr. Xucuruku tenha telemóvel, agora é quase obrigatório, e apetecia-me perguntar-lhe o que significa «pagé», porque interrogo os dicionários e nada. (Recentemente, sugeri que, para esclarecer uma dúvida [«They sneeze hullabaloos»?], se contactasse a autora de um livro. Lá a foram desencantar no Havai. Milagrosamente, pois o livro era de 1960, recordava-se do que quisera dizer...) O dicionário de Cândido de Figueiredo regista-o: «sacerdote curandeiro, entre os aborígenes; feiticeiro». O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não o regista, como também não regista «Cariris». Para quê, não é?, é lá longe.

 

[Texto 4548]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.