Léxico: «parémia»

Não chega

 

      No seu Curso Prático de Português, ensina José Portugal que a ironia se apresenta de várias formas: sarcasmo, asteísmo, antífrase, eufemismo e parémia. Sobre esta, escreve: «Parémia — ironia que exprime um ditado, sentença ou provérbio, uma coisa que não queremos declarar francamente: Não inventou a pólvora — em vez de estúpido; Estar a ensinar o Pai-Nosso ao vigário em vez de estar a ensinar quem sabe mais do que tu.» O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora define assim parémia: «alegoria breve; provérbio». Não chega.

 

[Texto 5720]

Helder Guégués às 11:03 | favorito