Léxico: «perliquitete(s)»

Afinal, não é bem assim

 

      «Era todo perliquitete de maneiras, perfumava-se, tinha mui honrosas relações na Vila, na Póvoa, no Pôrto, só pensava em erguer mais altos voos, — e queria lá saber de águas passadas de enjeitados e velhas mendigas tontas!» (Histórias de Mulheres, José Régio. Lisboa: Portugália, 1946, p. 181).

      Isto é como a pega de cara(s): provavelmente até se usa mais no plural, mas o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora só o regista no singular. Também só acolhe perliquitetes, quando na literatura, como acabámos de ver, em vocabulários e até na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira se registam ambas as formas, perliquitete e perliquitetes.

 

[Texto 9593]

Helder Guégués às 13:08 | comentar | favorito