Léxico: «pinguim-de-adélia»

Mais pinguins

 

      «Mais de 1,5 milhões de pinguins Adélie foram descobertos em colónias isoladas pelo gelo num arquipélago da Antártida, um número muito superior ao que se julgava existir, segundo um estudo publicado esta sexta-feira na revista Scientific Reports» («Glaciares antárticos “escondem” 1,5 milhões de pinguins», TSF, 2.03.2018, 12h55).

       O jornalista da Lusa não sabe que em português se diz pinguim-de-adélia (Pygoscelis adeliae), termo que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não regista. Acolhe apenas o pinguim-imperador, mas falta-lhe o nome científico, Aptenodytes forsteri.

 

[Texto 8846]

Helder Guégués às 15:26 | comentar | favorito
Etiquetas: ,