Léxico: «piscina infinita»

Está aí um sinal

 

      «Como ninguém queria ficar atrás, apareceram os vizinhos a querer substituir os velhos tanques por piscinas infinitas, e depois outros construíram caves e anexos, alpendres e mezaninos, ou montaram sombras para os carros e ergueram muros altos; ou então instalaram lareiras, jacúzis ou um aquecimento central, dentro das suas casas rústicas, com telhados de colmo» («Comporta clandestina», Sílvia Caneco, Visão, 26.07.2018, p. 39).

      Se já me perguntaram o que é uma piscina (de borda) infinita, então, meus amigos, isso quer dizer que está na hora de ir para os dicionários.

 

[Texto 10 518]

Helder Guégués às 19:34 | favorito
Etiquetas: ,