Léxico: «Presbiterianismo»

Mais do que isso

 

      «“Não é por acaso que muitos dos principais doadores eram escoceses, indivíduos influenciados pela educação presbiteriana, que reprova profundamente as dívidas”, explicou ao jornal Alexander Linklater, trineto do doador» («Dívida de gratidão», Paulo Anunciação, «Revista E»/Expresso, n.º 2385, 14.07.2018).

      É a oportunidade para dizer que não concordo com a definição de presbiterianismo do Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, que reza assim: «RELIGIÃO organização eclesiástica defendida pelo teólogo protestante francês João Calvino (1509-1564), que recusa qualquer hierarquia clerical superior à de presbítero e que advoga que o governo de cada igreja local deve ser confiado a um conselho presbiteral, formado pelo pastor e por um grupo de leigos». Não concordo com esta definição, mas também devo dizer que noutros dicionários é simplesmente ridículo o que escrevem. Para mim, é muito mais do que uma forma de organização eclesiástica, é uma verdadeira denominação. Assim, endireita-se a definição acrescentando uma segunda acepção.

 

[Texto 9622]

Helder Guégués às 12:14 | comentar | favorito | partilhar