Léxico: «raba»

Ainda ficamos sem palavras

 

      Ontem ao fim da tarde, na feirinha ali da Estrada de Benfica, junto ao Baldaya, numa banca vi uma grade com oito enormes rabas a 2,99 euros o quilo. No mesmo instante pensei que aquele tubérculo, resultado do cruzamento da couve com o nabo, não estaria no dicionário da Porto Editora. Muito usado em Trás-os-Montes em cozidos, guisotes, puré de batata, etc., está fora dos dicionários. Qual quê, até guisote, que vejo numa pena como a de Castilho, está ausente de todos os actuais dicionários! Não nos deixam nada.

 

            [Texto 10 408] 

Helder Guégués às 08:34 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,