Léxico: «rabinado»

Essa é boa

 

      «Por fim, o rabinado veneziano chegou a uma decisão e apoiou o ponto de vista de Saul Mortera (o qual, por mero acaso, tinha sido educado na yeshiva de Veneza)» (O Problema Espinosa, Irvin D. Yalom. Tradução de João Henrique Pinto. São Pedro do Estoril: Saída de Emergência, 2015).

      Ora, estranhamente, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, nem rabinado nem rabinato (pior, mas o único que o VOLP da Academia Brasileira de Letras acolhe). Ainda mais estranho: comprei uma lata de feijão-preto orgânico da marca Vapza. No contra-rótulo (dicionário da Porto Editora...), leio que a certificação kosher (para os corajosos, cóxer) foi atribuída pelo Rabinatório Rav Y I Blumenfeld, do Rio de Janeiro. Rabinatório... Paulo Araujo, sabe alguma coisa sobre isto?

 

[Texto 10 114]

Helder Guégués às 18:43 | comentar | favorito
Etiquetas: ,