Léxico: «roupão»

Entretanto, lá longe

 

      «“Roupões” são contentores de depósito roupa e calçado sem préstimo. A iniciativa da câmara da Maia cumpre objetivos ambientais e sociais: reciclar e angariar verbas para instituições de solidariedade» («“Roupões” da Maia já recolheram 7 mil euros para instituições do concelho», TSF, 27.12.2017, 8h35).

      Depois do electrão, do embalão, do livrão, do oleão, do papelão, do pilhão, do vidrão, o roupão. Entretanto, vi ontem no programa Eixo Norte Sul, na RTP1, que a Câmara Municipal de Moura, farta de ver arder contentores por causa de cinzas ainda com brasas, decidiu construir recipientes próprios que está a distribuir pela cidade. Podíamos pensar que o nome escolhido fosse «cinzão», mas não, foi cinzeiro. E muito bem, diga-se, até porque não é necessário nenhum alargamento de sentido, cinzeiro também é o lugar onde cai ou se junta cinza.

 

[Texto 8517]

Helder Guégués às 10:55 | favorito
Etiquetas: ,