Léxico: «sagrado»

Mais curto e claro

 

     «O primeiro encontro de Francisco [em Milão], contudo, é com os bispos lombardos, que o saúdam no sagrado» («Primeiro encoraja os religiosos, depois reza na praça», Enrico Casarini, O Meu Papa, ed. n.º 1, 31.03.2017, p. 10).

    É sem surpresa que a encontramos cada vez menos nas nossas sociedades descristianizadas. Está, porém, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, mas a definição precisa de um retoque: «terreno benzido de adro ou cemitério». Dizer-se simplesmente «adro» não chega, pois adros há muitos, e nem todos são de igreja. Tem, por isso, de ser adro de igreja. E não tem de se dizer que é o terreno benzido, pois por definição o adro de uma igreja é um local sagrado. Quanto a cemitério, não tem esta palavra como sinónimo campo-santo?

 

[Texto 7685]

Helder Guégués às 22:33 | comentar | favorito