Léxico: «salazariano»

António voltou

 

 

      «A seguir entramos noutro capítulo da história e do método salazarianos: o Salazar diplomata, o estratega da Política Externa de um pequeno país, numa década — 1936-1945 — de grandes crises e conflitos na Europa» (António de Oliveira Salazar — O Outro Retrato, Jaime Nogueira Pinto. Lisboa: A Esfera dos Livros, 2008, 6.ª ed., p. 19).

   Pouco usado — mas já usado em 1961: «Sob a designação vaga de República unitária e corporativa, principiaria a desenvolver-se a longa e inextricável cadeia de sofismas e mistificações do Estado salazariano» (Minha Cruzada pró-Portugal: Santa Maria, Henrique Galvão. São Paulo: Livraria Martins Editora, 1961, p. 6).

 

[Texto 4071]

Helder Guégués às 07:22 | comentar | favorito
Etiquetas: