Léxico: «sapo-pigmeu-da-serra-da-neve»

Se quiser

 

      «Inspirando-se no local, Poyntonophrynus pachnodes é o nome científico escolhido pela equipa de investigadores para o novo sapo pigmeu. O nome específico, pachnodes, quer dizer “gelado” em grego, pelo que é uma referência tanto ao nome da serra como às temperaturas baixas registadas à altitude a que se encontra a nova espécie, explica um comunicado sobre a descoberta acabada de publicar num artigo na revista ZooKeys, que tem ainda outra investigadora portuguesa entre os autores, Mariana Marques, do Muhnac e do Centro de Estudos em Biodiversidade e Recursos Genético (Cibio), no Porto» («Sapo sem ouvidos descoberto em Angola», Teresa Firmino, Público, 10.08.2018, p. 25).

      Vamos agora ver se o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora consegue ser o primeiro, em todo o mundo, a registar o termo.

 

[Texto 9755]

Helder Guégués às 08:22 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,