Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «sarilhense» e + 50

Como eu ia dizendo

 

      «Através de análises aos ossos, à dentição e à terra foi possível identificar doenças, parasitas intestinais e alimentos consumidos. Peixe, moluscos, cereais, grão, feijão e batata faziam parte da dieta sarilhense» («Mulherengo e brigão: a história de um padre em Sarilhos [Grandes]», João Pedro Pincha, Público, 10.04.2021, p. 24). Sarilhense e mais estes, Porto Editora, que tu te esqueceste de que existem e são usados diariamente: alcochetense, alfeizerense, alpedrizense, alqueidoense, arrabalense, assaforense, ataijense, azoiense, borralhense, brandoense, caiense, calvariense, campelense, caranguejeirense, cercalense, colarense, corvalense, ericeirense, estorilense, fontanelense, freixiandense, gaeirense, golpilheirense, juncalense, maceirense, magoitense, maiorguense, marteleirense, milagrense (de Monção e de Leiria), monsarense, montelavarense, moreirense, ortiguense, parceirense, pataiense, ponterrolense, rinchoense, salirense, samouquense, soudoense, sousense, soutocicense, turcifalense, turquelense, urqueirense, usseirense, valadense, valhelhense, vimeirense, vimieirense. Experimentem ler a imprensa regional. Vão ficar surpreendidos. Vão? Iam.

 

[Texto 14 950]

5 comentários

Comentar post