Léxico: «semieterno»

Este teve início

 

      «À escala cósmica, tanto quanto sabemos, o nosso Universo é semieterno, isto é, teve um início, há 13,7 mil milhões de anos, mas não terá fim» (Pipocas com Telemóvel e Outras Histórias de Falsa Ciência, David Marçal e Carlos Fiolhais. Lisboa: Gradiva, 2017, 7.ª ed., p. 56).

      Não, Porto Editora, sempiterno é outra coisa, e sabes bem o que significa: «que não teve princípio nem há-de ter fim; que dura muito».

 

[Texto 12 529]

Helder Guégués às 15:30 | favorito
Etiquetas: ,