Léxico: «senolítico»

Vão esgotar

 

      «Falar em elixir da juventude (ou qualquer outra das imagens mitológicas que há milénios seduzem a Humanidade) corre sempre o risco de ser uma precipitação, mas dentro de cinco anos podem chegar ao mercado os primeiros medicamentos anti-envelhecimento [sic], à base dos chamados “agentes senolíticos”. Esta é uma técnica potencialmente “revolucionária” que pode ser capaz de aumentar a esperança média de vida (sem doenças) das pessoas — já mostrou sê-lo em animais e os primeiros testes em humanos estão agora a começar» («10 inovações disruptivas que já estão a mudar o mundo», Edgar Caetano, Observador, 27.08.2018).

      Já se vão encontrando, por aqui e por ali, referências a estas senolytic drugs — a origem é anglo-saxónica, pois claro —, neologismo formado de senescence e lytic. O problema, como sempre, é que nos faltam palavras. No caso, o dicionário da Porto Editora não acolhe este sentido de lítico, que tem que ver com lise, e não com pedra.

 

[Texto 10 669]

Helder Guégués às 17:20 | comentar | favorito
Etiquetas: ,