Léxico: «taipa preta | charadístico»

Depressa que se faz tarde

 

      «Também nestes casos a taipa nem sempre é a de melhor qualidade. O recurso à terra local com excesso de matéria orgânica teve consequências desastrosas no que se refere à coesão dos componentes da terra. A taipa preta, como é designada, desagrega-se muito facilmente provocando graves anomalias estruturais e materiais de difícil conservação física. Esta realidade, a que se soma a exiguidade de espaço, tem levantado graves problemas na reabilitação destes tipos arquitectónicos nos centros históricos da região [Alto Alentejo]» (Maria Fernandes, «Os materiais e os sistemas construtivos tradicionais na região dos mármores», in revista Monumentos, 27, p. 175).

      Não está nos dicionários. Até simplesmente taipa, como a vejo no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, não deixa de ter uma definição um tanto obscura, quase charadística: «parede feita com terra argilosa que é lançada nos taipais». Parece que foi redigida por alguém que estava com pressa de ir almoçar. (Agora aproveitem e corrijam a definição de «charadístico».)

 

[Texto 13 656]

Helder Guégués às 09:00 | comentar | favorito
Etiquetas: ,