Léxico: «terramoto | terremoto»

Grande mentira

 

      Primeira boa acção do dia: contribuir para que a Porto Editora corrija um erro crasso do seu dicionário. Vejamos: terremoto não é, como afirmam, um brasileirismo. Então se o Vocabulário de Gonçalves Viana dá ambas as formas como igualmente boas, e Rebelo Gonçalves não diz outra coisa, a Porto Editora vem estabelecer o contrário? Não não e não. Aliás, a forma preferível é mesmo terremoto, como vem no Morais. Alguém andou a brincar com coisas muito sérias.

 

[Texto 12 440]

Helder Guégués às 08:45 | comentar | favorito