Léxico: «tigre-dentes-de-sabre»

Como os dinossauros

 

     Não quero que se transforme num tratado de paleomastozoologia (vocábulo que também não acolhe), mas gostava, naturalmente, que o dicionário da Porto Editora registasse o termo tigre-dentes-de-sabre (Smilodon populator), um felídeo do tamanho de um leão que tinha duas afiadas presas que pareciam autênticos sabres, e que caçava das planícies da América do Norte até as da Argentina. O argumento é sempre o mesmo: também já não existem dinossauros, e estão nos dicionários. Quanto ao tigre-dentes-de-sabre, com tantos milhares de homícidios no Brasil, até parece que ainda andam por lá umas quantas alcateias à solta.

 

[Texto 11 495]

Helder Guégués às 19:32 | comentar | favorito
Etiquetas: ,