Léxico: «titio»

Só mais isto

 

      «Quando chega uma viatura ao local, correm ao encontro dos potenciais clientes. Cada uma delas leva um ou mais sacos de cenoura, beringela, peixe bagre (seco e fumado) e outros produtos. “Tio, olha o feijão verde, o tomate e o quiabo? Venha então comprar, meu titio. Aqui, tudo é barato. Vem comprar comida para a tua família. Os teus filhos gostam disso, compra só já, titio”, cativam» («Venda de peixe e produtos agrícolas», Jornal de Angola, 21.05.2020, p. 24).

      É forma de tratamento nominal também de Angola, não apenas do Brasil. Ao que parece, é fenómeno que, no caso de Angola, surgiu depois da independência. Titio até aparece na Infopédia, mas em dois dicionários bilingues — oompje, zio —, e apenas num deles se faz referência ao Brasil. Enfim, não falta que corrigir e melhorar.

 

 

[Texto 13 403]

Helder Guégués às 10:45 | comentar | favorito
Etiquetas: ,