Léxico: «toledo»

Entre peixes

 

    «“Que toledo!”, diziam os peixes maiores. “Impossível passar por aquele buraquinho. Só um tolo podia acreditar numa coisa dessas.”» É um excerto de uma parábola de um bispo que pouca gente conhece, e, por mim, não vão conhecer agora. Está, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: «acto ou procedimento leviano; toleima; cisma; patetice».

 

[Texto 5502]

Helder Guégués às 09:50 | comentar | favorito
Etiquetas: