Léxico: «transeixo»

Uma boa amálgama

 

      «Os dois motores elétricos surgem num transeixo híbrido de nova geração que é mais compacto, mais leve e com menor fricção interna do que nos anteriores sistemas híbridos da Lexus» («Lexus UX 250h: Explorador urbano ‘aterra’ em Portugal», Pedro Junceiro, Motor 24, 12.04.2019).

      Sim, transeixo, ou preferem que se escreva e diga transaxle, o termo inglês? Até parece um carro bom, mas a caixa e-CVT dá-nos a sensação de estarmos ao volante de um carrinho telecomandado. Passo. Já se falarmos do Lexus LC 500, a conversa é outra.

 

[Texto 11 171]

Helder Guégués às 09:46 | comentar | favorito
Etiquetas: ,