Léxico: «trifolau»

Em rigor, não

 

      «Em 2007 o cozinheiro nepalês Tanka Sapkota passou duas semanas em Itália em casa de um “caçador” de trufas ou, em italiano, um “trifolau”. Um dia aventurou-se sozinho com um dos cães farejadores do anfitrião e deu por si no sopé de um monte sem conseguir regressar» («Ouro branco», Augusto Freitas de Sousa, Jornal de Negócios, 29.11.2019, p. 22).

      Em rigor, não é em italiano, mas em piemontês. Tanto assim é que não o encontrei em nenhum dicionário de italiano. Não custa nada ser rigoroso.

 

[Texto 12 391]

Helder Guégués às 08:15 | favorito
Etiquetas: ,