Léxico: «trufa-branca/trufa-preta»

E vão para o campo

 

      «As trufas brancas são as mais raras, só existem em algumas regiões do norte de Itália e Croácia e têm de ser colhidas com ajuda de cães treinados ou porcos» («Trufa. Um fungo muito caro», Paulo Ribeiro Pinto, Rádio Renascença, 9.04.2018, 11h18).

      Para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, e para outros, naturalmente, é como se não houvesse trufas-brancas (Tuber magnatum Pico) e trufas-pretas (Tuber melanosporum Vittad.). As túberas ou túbaras são a versão alentejana das trufas, até pertencem à mesma família. Aliás, pelo que leio na Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, «entendem os puristas que a forma trufa é galicismo condenável, preferindo-lhe túbera, que é forma acentuadamente portuguesa». Vá, agora vão para o campo e levem este Guia do Colector de Cogumelos.

 

[Texto 9025]

Helder Guégués às 18:46 | favorito
Etiquetas: ,