Léxico: «ultraligeiro»

Não é o que se vê

 

      Por um cabelinho, passava-me ao lado: «Uma equipa de dois peritos do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves chegou hoje de manhã ao local do acidente com um ultraligeiro que fez dois mortos, no sábado, em Bragança. [...] O avião é de fabrico checo e com matrícula de 2007» («Peritos no local para investigar acidente aéreo com dois mortos em Bragança», Rádio Renascença, 17.03.2019, 9h51).

      A Porto Editora acha que ultraleve chega e sobra — mas não é assim, como se vê.

 

[Texto 10 978]

Helder Guégués às 14:44 | comentar | favorito
Etiquetas: ,