Léxico: «uvada»

E por aí fora

 

      Uvada, para o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, é a «conserva de uvas». Não confundo dicionários com manuais de culinária ou de doçaria, mas há sempre um meio-termo entre a pobreza absoluta e a exuberância de pormenores. «A uvada faz-se nas regiões vinhateiras e consiste na redução de mosto de uva ao lume até ficar bem concentrado» («Recuperar a uvada», Edgardo Pacheco, «Sexta»/Correio da Manhã, 28.9-4.10.2018, p. 33). E, muito a propósito, devo dizer que não percebo porque não estão dicionarizados termos semelhantes. Se os dicionários registam uvada, pessegada, goiabada, marmelada, por exemplo, desconhecem figada, maçanada, e outras. Não, perada conhecem, o leitor é que provavelmente a está a ver pela primeira vez.

 

[Texto 10 020] 

Helder Guégués às 15:35 | comentar | favorito