Léxico: «velocidade comercial»

Muito cuidado

 

      «Até 2019, a empresa prevê a adoção de 12 “medidas prioritárias”, algumas das quais já em curso, como a criação de novos tarifários mais atrativos e equitativos; a renovação da frota; a contratação de 200 novos motoristas; a implementação de uma rede de bairros com 21 novas linhas; a expansão da rede de elétricos; ou o aumento da velocidade comercial» («Câmara prevê investimento de 80M€ na Carris até 2019», Destak, 11.05.2017, p. 2).

      De quando em quando, fazem-se referências à velocidade comercial, que é, na perspectiva do utilizador do serviço de transporte público, um dos indicadores que mais interessam. Imagino, contudo, que o leitor comum não sabe do que se trata. E não vai, com certeza, perguntar a um motorista da Carris, não apenas porque este também não sabe, mas sobretudo porque pode estar ali um militar da GNR à civil que o deixe inconsciente, por supor, mal, que há coacção sobre o funcionário. Velocidade comercial: velocidade média, em cujo cálculo se incluem os tempos nas paragens e terminais para tomada e largada de passageiros, assim como o arranque e desaceleração próximo das paragens e sempre que o tráfego imponha restrições.

 

[Texto 7818]

Helder Guégués às 09:47 | comentar | favorito
Etiquetas: ,