Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Léxico: «volteante»

Li ontem um terço

 

      «E como as fímbrias de sonho recolhidas ao longo do volteante caminho só haviam contribuído para agravar a minha sensibilidade inútil, tomei-me de comiseração por aquelas irmãs, não culpadas da sua falsidade, que, agrilhetadas em maços, haviam passado da oficina do fabricante para aquela lôbrega casa-forte e daí para o forno crematório, sem nada verem do mundo, vítimas do acaso que à sua nascença logo as denunciou» (Memórias Duma Nota de Banco, Joaquim Paço d’Arcos. Lisboa: Guimarães Editores, 1970, 3.ª ed., pp. 64-65).

 

[Texto 16 463]

1 comentário

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.