Léxico: «voluta | leque»

Ganham os mestres

 

      «As etapas da aprendizagem são muitas e complexas: seleção de madeiras, ferramentas e equipamentos técnicos, modelação das ilhargas, experimentação da ilharga na forma, colocação no braço, colagem do tampo, afagamento, abertura de friso de embutidos, ensaio do encaixe do braço no corpo da guitarra, aplicação por colagem da madrepérola, desbaste do braço da guitarra, polimento, aplicação de escala e trastos, entalhamento da voluta, aplicação de leque, encordoamento e afinação, construção de unhas e palhetas» («Quem quer ser guitarreiro?», Sara Inácio, Lisboa, revista municipal trimestral, Junho de 20019, p. 58).

      Leque, o dispositivo mecânico destinado a afinar as cordas, inventado por um inglês, não está nos nossos dicionários. Quanto a voluta, o caso é outro: os dicionários garantem-nos que é a parte superior do braço dos instrumentos musicais de arco. Os mestres guitarreiros afirmam que é também a parte superior da guitarra, que é um instrumento de cordas. Pois é. E mesmo a ilharga é sumariamente despachada, no dicionário da Porto Editora, por uma «parte lateral de um navio e de alguns objectos». Tal como trasto está definido de uma forma dúbia.

 

[Texto 12 053]

Helder Guégués às 09:51 | comentar | favorito
Etiquetas: ,