Léxico: «zero negativo»

Semelhante, mas não igual

 

      «As reservas de sangue do tipo zero negativo (conhecido por O negativo) estão em baixa. Em declarações à Renascença, a diretora do Centro de Lisboa do Instituto do Sangue e Transplantação revela que, neste tipo de sangue, o país só tem reservas para quatro dias. Este tipo de sangue – zero negativo – é um dador universal. Esta responsável apela aos cidadãos para “continuarem a colaborar no processo de dádiva de sangue”» («É dador universal? ​Instituto do Sangue precisa de O negativo», Rádio Renascença, 28.02.2019, 9h47).

      A razão do equívoco há-de encontrar-se na semelhança do 0 com o O. Daí a afirmar-se que são equivalentes, ambos legítimos, parece-me completamente desaconselhável. Se estivesse nos dicionários, que para isso servem, aconteceria muito menos.

 

[Texto 10 904]

Helder Guégués às 09:18 | favorito
Etiquetas: ,