Léxico: «Zoelas/zoela»

Nem vestígios

 

      «O Festival Intercéltico de Sendim (FIS), marcado para os dias 2, 3 e 4 de agosto, muda de figurino e vai realizar-se num recinto transformado numa aldeia zoela. [...] O investigador da história e cultura do Planalto Mirandês [Mário Correia] explica que os Zoelas foram uma tribo que ocupou o território delimitado pelo rio Sabor e a fronteira com Espanha (Castela), durante os séculos I e II (d. C.)» («Ao estilo tribal zoela, Intercéltico de Sendim está aí à porta», Olímpia Mairos, Rádio Renascença, 20.07.2018, 13h34).

      Zoela ou Zelas. No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora: ✘. No VOLP da Academia Brasileira de Letras: ✔. Como é isto possível, um vocabulário brasileiro registá-lo e nos nossos vocabulários e dicionários nem vestígios? Refiro-me, evidentemente, aos modernos dicionários, porque, por exemplo, José Pedro Machado, no seu Grande Dicionário da Língua Portuguesa, acolhe zoela/Zoelas.

 

[Texto 9677]

Helder Guégués às 08:20 | comentar | favorito
Etiquetas: ,