«Liberismo»?

Precisamos dela?

 

      Na Fundéu, vieram lembrar que hispanismo e espanholismo são conceitos diferentes. Ora, essas são fáceis. Claro que acredito que haja quem as confunda, até porque o habitual é haver confusões quando as palavras são vagamente semelhantes. Há umas semanas, fui eu que fiquei surpreendido — mas não confundido — quando, num texto que estava a rever, li, ao lado uma da outra, liberismo e liberalismo. Nunca eu vira a primeira mais gorda, e por isso estranhei. Descobri depois que existe... mas em italiano: «In senso ampio, sistema imperniato sulla libertà del mercato, in cui lo Stato si limita a garantire con norme giuridiche la libertà economica e a provvedere soltanto ai bisogni della collettività che non possono essere soddisfatti per iniziativa dei singoli (in tal senso è detto anche liberalismo o individualismo economico); in senso specifico, libertà del commercio internazionale o libero scambio, contrapposto a protezionismo» (in Enciclopédia Treccani). Logo, o autor, português, estava a usá-la in senso ampio. Precisamos dela?

 

[Texto 7125]

Helder Guégués às 15:31 | favorito
Etiquetas: ,