Manobra de Heimlich

É para corrigir

 

      Morreu hoje, aos 96 anos, o cirurgião torácico norte-americano Henry Heimlich, que inventou a manobra de Heimlich. Que nos interessa isto, perguntam? Muito. Deve ser o procedimento que mais vidas salva em todo o mundo. Eu aprendi a fazê-la num curso. (Esta é a parte do heimlich, «secreto», em alemão...) Não estará nos dicionários gerais, mas no Dicionário de Termos Médicos da Porto Editora encontramo-la, à manobra de Heimlich: «manobra destinada a fazer expelir alimentos que foram obstruir a árvore traqueobrônquica. Consiste em fazer compressões, enérgicas e repetidas, do abdómen junto ao rebordo costal, de modo a forçar movimentos diafragmáticos». Algumas afinações: a manobra destina-se a expulsar o que quer que se encontre a obstruir a árvore traqueobrônquica, e não apenas — obviamente, gostava de dizer, mas, pelos vistos... — alimentos. Se uma criança engolir uma tampa de esferográfica, por exemplo, não fazemos esta manobra? Corrijam. Quanto ao nome do médico: é Henry Judah Heimlich, e não, como se lê naquele dicionário, Harry J. Heimlich. E já podem completar: «Henry J. Heimlich, cirurgião torácico norte-americano, 1920-2016)».

 

[Texto 7334]

Helder Guégués às 22:23 | comentar | favorito