«Mar cachão»

No mar

 

 

      «“Trouxeram sacos de plástico?” A pergunta do pescador de Quarteira, a sorrir, antes da partida para uma noite no mar, é feita em jeito de apresentação de cartão-de-visita: “O mar está cachão”, avisa. Dentro de dez minutos, o 24 Horas solta amarras, e ei-los que partem para mais uma jornada» («Polvo do Algarve prepara ‘passaporte’ para entrar, vivo, no Japão», Idálio Revez, Público, 24.08.2014, p. 22).

 

[Texto 4990]

Helder Guégués às 06:31 | comentar | favorito
Etiquetas: