Mas não apenas Tokai

Não é indiferente

 

      Tokai — é como acabei de ler numa obra de Eça. «Ou será com capa?», perguntei a mim mesmo. «Grafa-se Tokai, Tokay, Tokaj ou Tokaji, esta última forma, que aparece nos rótulos das garrafas, significa “do Tokaj” em húngaro, isto é, da região que leva o nome da vila de cerca de cinco mil habitantes, no Nordeste da Hungria, nos montes Cárpatos» (Era Porto e Entardecia: de absinto a zurrapa: dicionário de vinhos e bebidas alcoólicas em geral na obra de Eça de Queiroz, Dário Moreira de Castro Alves. Lisboa: Pandora, 1994, p. 265). Tokaji é, então, a forma do genitivo.

 

[Texto 6310] 

Helder Guégués às 17:42 | comentar | favorito
Etiquetas: ,