Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

«Mau estar», escrevem

Como os clientes

 

      «O cidadão português
 diz que “não há qualquer receio” por parte da comunidade lusa em Timor-Leste de surgir algum
 mau estar em relação aos portugueses, embora acrescente que é prudente seguir as regras que a embaixada portuguesa na capital de Timor habitualmente recomenda, nomeadamente “não participar em actividades políticas ou discutir política local”» («Comunidade portuguesa está “tranquila”», L. A., Público, 6.11.2014, p. 5).

      O cidadão pode dizer assim, mas o senhor jornalista, para não parecer analfabeto, devia escrever «mal-estar». Um dia, porém, como já vaticinei no Assim Mesmo, ainda será norma, ou já é — porque «os falantes têm sempre razão».

 

[Texto 5227]

3 comentários

Comentar post