«Militante de base»

Nem os políticos

 

 

      «A alegria de Costa confrontava o estado de espírito de outro António. Seguro, o agora militante-base, anunciava que saia [sic] de cena, horas antes de Costa chegar, de surpresa, ao Rato, para abraçar Jorge Coelho» («O grande queijo de Costa que soube sempre a vitória», Nuno Sá Lourenço e Rita Brandão Guerra, Público, 29.09.2014, p. 3).

      Lá estão os jornalistas a darem mais uma machadada na língua. Até os políticos semianalfabetos dizem «militante de base».

 

[Texto 5095]

Helder Guégués às 10:35 | comentar | favorito
Etiquetas: