Não vejo nenhum acrónimo

Não estou a ver

 

    Das cartas à directora do Público, respigo estas linhas do leitor Fernando Cardoso Rodrigues, do Porto: «Seguindo a linha de raciocínio (?) de JRS [José Rodrigues dos Santos], podia perguntar: como acham que o tandem “social cristão” foi ali parar? Será que os acrónimos valem alguma coisa? Será redundante dizer que o PSD (Partido Social Democrata) português tem muito pouco ou nada do que a sigla sugere, não acham?... As palavras, sempre as palavras e tudo aquilo que com elas pretendemos, mesmo que seja a aleivosia de J.R.S.!...» («O acrónimo diz o que o partido é?...», Público, 8.06.2016, p. 44).

    Esqueçamos o «tandem». A que acrónimos se refere o leitor? Esta questão, pelos vistos, só serve para dizer disparates, como o sufixo «socialismo»...

 

[Texto 6872]

Helder Guégués às 11:54 | comentar | favorito
Etiquetas: ,