«Neurodegenerativo»/«endocraniano»

Eu não percebo

 

    «“Estas doenças neurodegenerativas irão ser cada vez mais prevalentes, não porque não existissem antes mas porque não vivíamos o suficiente para lá chegarmos. O Parkinson é uma doença que se manifesta, normalmente, a partir dos 50 anos, com uma idade média de 60. À medida que vamos vivendo mais, as doenças neurodegenerativas vão tendo um peso cada vez maior”, explica o dirigente da Bial. […] “O voluntário que faleceu padecia – e isso já é público – de uma doença oculta vascular endocraniana que, segundo os investigadores, pode explicar o que lhe aconteceu e porque teve um desfecho diferente dos outros. Mas essa investigação não está concluída e não temos ainda acesso nem ao relatório da autópsia nem aos dados clínicos. Esperemos que em breve se possa clarificar o que provavelmente terá sido uma situação que até pode nem ter tido a ver com o medicamento em si”, afirma» («Os doentes de Parkinson “no seu melhor”», Rádio Renascença, 11.04.2017, 14h01).

   Pode ter alguma lógica, mas eu não a descortino: neurodegenerativo está no Dicionário de Termos Médicos da Porto Editora, ao passo que endocraniano está no Dicionário da Língua Portuguesa.

 

[Texto 7706] 

Helder Guégués às 22:08 | favorito
Etiquetas: