O léxico dos Censos

Mais avisos

 

      Compulsando o Decreto-Lei n.º 54/2019, de 18 de Abril, relativo aos Censos de 2021, o leitor Afonso Costa — e depois eu — viu dois termos e uma expressão que o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora não contém. O primeiro é censitário, que não aparece no sentido constante do diploma legal; o segundo é pseudonimização (de que encontramos aqui uma definição); o terceiro é segredo estatístico. Aquele dicionário acolhe vários segredos — desde o mais crucial, o de Estado, àquele que o não é, o de polichinelo, passando por aquele de que o estatístico constitui, digamos, uma subcategoria, o segredo profissional —, mas não este. Uma palavra final, repetida, pois já tratei do caso, para lamentar que muitos dos nossos jornalistas continuem a dizer e a escrever «o Censos». Não se enxerga razão nem atenuante para o solecismo.

      E pronto, como dizia invariavelmente o Eng. Sousa Veloso no final do TV Rural, despeço-me com amizade até ao próximo programa. Dia. Texto.

 

[Texto 11 228]

Helder Guégués às 16:15 | comentar | favorito
Etiquetas: ,