Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

O mundo ao contrário

Observem bem

 

      Hoje, logo de manhã, li que o produtor Harvey Weinstein, acusado de assédio e chantagem sexual, fora despedido da sua própria empresa. Realmente, Hollywood é muito peculiar. Tal como a imprensa portuguesa: «E se há quem assuma que sempre houve rumores quanto ao comportamento do produtor, outras (e outros) garantem que não fazia [sic] ideia do que se passava. É o caso de Meryl Streep, vencedora de três Óscares, apelidou as mulheres que falaram contra Weinstein de “heróis”» («Escândalo sexual em Hollywood. Atrizes unem-se contra Harvey Weinstein», Rita Porto, Observador, 10.10.2017, 16h19).

      Claro que sim, Rita Porto, e se Meryl Streep falasse de homens de certeza que lhes chamaria heroínas. Concorde.

 

[Texto 8209]

1 comentário

Comentar post