Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linguagista

O peso das palavras

Que ultraje!

 

      «O administrador do Instituto Politécnico de Tomar (IPT), José Júlio Filipe, tratou os professores por “colegas” e, segundo o site Tomar na Rede, os docentes não gostaram do uso do termo. [...] O administrador argumenta que todos os trabalhadores exercem funções públicas, pelo que são todos colegas. A classe docente do IPT enviou um texto de protesto à presidência da instituição, subscrito por dezenas de professores» («Politécnico de Tomar. Administrador criticado por chamar “colegas” a professores», Rádio Renascença, 31.10.2020, 11h23).

 

[Texto 14 263]